segunda-feira, 25 de junho de 2018

GESAD integra a Red Panamericana de Sistemas de Humedales, com o Prof. Pablo Sezerino assumindo a Vice-Presidência da Rede no biênio 2018-2020

Red Panamericana de Sistemas de Humedales é um grupo de pesquisadores, engenheiros e gestores que aplicam a ecotecnologia dos wetlands construídos no tratamento de águas residuárias e no controle da poluição hídrica. Promovem a difusão do conhecimento e buscam, por meio de conferências bianuais, apresentar a aplicabilidade dos sistemas wetlands construídos nos países do continente americano. A última conferência ocorreu no mês de maio de 2018 na cidade de Lima/Peru, contando com cerca de 120 participantes, de onde a delegação brasileira foi representada por 10 pesquisadores oriundos da Universidade Federal de Santa Catarina, Universidade Federal de Minas Gerais, Universidade Católica Dom Bosco de Campo Grande, e Universidade Federal de Uberlândia.


A próxima conferência panamericana ocorrerá em abril de 2020 na cidade de Florianópolis/SC, sob a organização do GESAD/ENS-UFSC.

Composição do comitê de direção da  Red Panamericana de Sistemas de Humedales - biênio 2018-2020:

Presidência: Dra. María Alejandra Maine de la Universidad Nacional del Litoral, Argentina.

Vice-Presidência: Dr. Pablo Heleno Sezerino de la Universidad de  la Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil.

Secretaria Técnica: MSc. Marco Antonio Rodríguez Domínguez de la Universidad de Aarhus, México/Dinamarca.

ViceSecretaria Técnica: Dr. Allan Tejeda Ortega de la Universidad de Guadalajara, México.

Representantes Locais:
Argentina: Dr. Hernán Hadad.
Brasil: Dr. Pablo Heleno Sezerino.
Cataluña: Dr. Jordi Morató.
Chile: Dra. Gladys Vidal Sáez.
Colombia: Dr. Diego Paredes.
Colombia: Dr. Jaime Lara. 
Colombia: Dr. Juan Carlos Casas.
Costa Rica: Dr. Roy Pérez Salazar.
Paraguay: Dr. Tomás Rodrigo López Arias.
México: Dr. Armando Rivas.
México: Dr. Florentina Zurita.

terça-feira, 13 de junho de 2017

Comunicação de lançamento do livro: Disposição de águas residuárias no solo e em sistemas alagados construídos




Autores:
Antonio Teixeira de Matos
Mateus Pimentel de Matos

Sinopse: O conhecimento sobre as técnicas e alternativas para o tratamento e disposição final adequada de águas residuárias é essencial para que se possam dar soluções técnica e ambientalmente viáveis para esse problema. Neste livro, abordam-se as principais técnicas de tratamento e disposição final de águas residuárias no solo. No que se refere ao tratamento, são contemplados aspectos relativos a sistemas geradores de efluentes, como o de escoamento superficial e os sistemas alagados construídos; na disposição final no solo, aspectos importantes a serem considerados nos métodos de infiltração/percolação e fertirrigação, estabelecendo-se critérios para definição da dose capaz de proporcionar o adequado e benéfico aproveitamento agrícola das águas residuárias, sem colocar em risco a qualidade ambiental. Espera-se que o conteúdo deste livro seja útil aos estudantes, pesquisadores e responsáveis técnicos pela gestão de resíduos, para que o tratamento/disposição final das águas residuárias no solo seja feito de forma a não causar contaminação de plantas e animais e poluição do próprio solo, de águas superficiais e subterrâneas.

O livro tem 371 p., é ilustrado e apresenta exemplos de dimensionamento dos sistemas de tratamento/disposição final e definição de doses de aplicação das águas residuárias.

Consulta: http://www.editoraufv.com.br/produto/2083484/disposicao-de-aguas-residuarias-no-solo

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Wetlands construídos no Brasil: Presente e futuro / Prof. Dr. Pablo Heleno Sezerino

Palestra ministrada pelo Prof. Dr. Pablo Heleno Sezerino, em 28/03/2017, em Belo Horizonte, durante o 2° Seminário Wetlands Construídos: tratamento e aproveitamento de efluentes e lodos.